Associação Nacional das Farmácias | Rua Marechal Saldanha, 1 | 1249 - 069 Lisboa

A MEMÓRIA DAS FARMÁCIAS

capa2.jpg

ARQUIVO HISTÓRICO

DAS FARMÁCIAS

A poeira dos arquivos de que muita gente fala sem nunca a ter visto ou sentido, surgindo tenuíssima de páginas que se esfarelam ainda quando delicadamente folheadas, esta poeira clássica — adjetivemos com firmeza — que cai sobre tenazes investigadores ao investirem contra as longas veredas do passado, levanto-a diariamente. E não tem sido improfícuo.

 

Euclides da Cunha

 

 
Zurim-Pharm5-6-pag88.jpg

Tempos houve em que as publicações oficiais de organismos associativos do sector farmacêutico constituíam veículo privilegiado de difusão de anúncios a medicamentos. Poderoso, revigorante, seguro, forte: eis alguns dos adjetivos neles usados para caracterizar comprimidos, unguentos, xaropes e pomadas, tantas vezes ao lado de sugestivas ilustrações.

​Resultante de uma parceria entre o Arquivo Histórico das Farmácias, projecto da Associação Nacional das Farmácias, que está a comemorar o 45.º aniversário, e o Museu da Farmácia, a exposição “Vintage PUB, a memória das farmácias”, reúne anúncios inseridos na década de 1960 em publicações do Grémio Nacional das Farmácias, que representou o sector durante o Estado Novo.

Topi-Furazona-Pharm2-pag43.jpg

ONTEM & HOJE

Desde o primeiro Boletim do Grémio Nacional das Farmácias, até uma Revista das Farmácias Portuguesas do Séc. XXI. Conheça as publicações mais icónicas na história do associativismo farmacêutico!

© Criado por Arquivo Histórico das Farmácias & Museu da Farmácia